Diretor: 
João Pega
Periodicidade: 
Diária

Autarquia de Oliveira do Bairro reforça apoio no acesso a medicamentos a 110 munícipes


tags: Saúde, Apoios, Anadia Categorias: Região, Saúde quinta, 29 dezembro 2022

O Município de Oliveira do Bairro vai apoiar mais 52 munícipes, para além dos 58 já abrangidos pelo Programa abem, que se destina a ajudar quem, por força da sua condição económica, não consiga adquirir a medicação prescrita pelo seu médico, necessária à sua condição de saúde.

O Cartão abem – Rede Solidária do Medicamento, atribuído no âmbito desta iniciativa, permite ter acesso, de forma 100% gratuita, a medicamentos sujeitos a receita médica e comparticipados pelo SNS - Sistema Nacional de Saúde, em farmácias aderentes. Lília Ana Águas, Vereadora da Ação Social da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, explica que “através deste Programa, o Município já se encontrava a apoiar 58 pessoas, a que se juntam agora mais 52”.

Apesar da adenda ao protocolo com a Associação Dignitude estabelecer um limite de 98 munícipes, prevê o alargamento a um maior número de beneficiários, pelo que o Executivo Municipal de Oliveira do Bairro quis ir “mais além” e decidiu estender o apoio a todas as candidaturas aprovadas, num total de 110 pessoas abrangidas. “Em Oliveira do Bairro, não deixamos ninguém para trás e procuramos sempre encontrar as melhores soluções para apoiar quem de facto precisa”, acrescenta Lília Ana Águas.

A esta nova fase de candidaturas, a segunda em 2021, que decorreu durante todo o mês de outubro, foram apresentadas 33 candidaturas, que abrangiam 70 pessoas (a candidatura abrange todos os elementos do agregado familiar). Destas, foram excluídas seis, cinco pelo facto de os candidatos possuírem rendimentos superiores ao estabelecido e uma por desistência.

Recorde-se que o Município de Oliveira do Bairro associou-se ao “Programa abem - Rede Solidária do Medicamento" em dezembro de 2019, através de um Protocolo de Colaboração assinado com a Associação Dignitude, promotora da iniciativa. O “Programa abem - Rede Solidária do Medicamento” tem como objetivo dar resposta aos problemas de acesso a medicamentos, garantindo que todos os portugueses podem comprar os medicamentos comparticipados que lhes são prescritos. Em maio de 2020, e em pleno contexto de pandemia, o município bairradino decidiu reforçar o seu envolvimento e apoio aos seus munícipes, no âmbito da iniciativa, tornando-se parceiro do “Programa Emergência abem: COVID-19”, que permitiu apoiar 61 pessoas.

Como funciona o Cartão abem?

A cada beneficiário do programa é atribuído um cartão que lhe permite aceder de forma gratuita, nas farmácias aderentes, aos medicamentos prescritos através de receita médica e comparticipados pelo SNS. De uma forma discreta, sem mais burocracias e com a dignidade que todos merecem, os beneficiários utilizam o seu cartão abem, como se tratasse de um cartão de pagamento. São beneficiários deste programa pessoas carenciadas, pretendendo-se abranger também os casos de inesperada carência económica decorrentes de situações de desemprego ou de confronto com doença incapacitante, entre outros casos a analisar.