Diretor: 
João Pega
Periodicidade: 
Diária

MeaJazz junta música, vinho, leitão e desporto


tags: Música, Mealhada Categorias: Região, Cultura, Vai Acontecer quarta, 07 agosto 2019

A 3.ª edição do festival Meajazz vai trazer ao centro da cidade da Mealhada, nas noites de 6 e 7 de setembro, a sonoridade do jazz nas suas mais variadas formas. Dixieland, jazz de fusão e ritmos brasileiros integram o programa que este ano oferece também degustações de vinhos e espumantes de produtores locais. O leitão, prata da casa, estará igualmente presente, assim como uma componente desportiva.

São seis os grupos que, este ano, subirão ao palco do Meajazz, provenientes do Brasil e de Portugal. No primeiro dia, o festival abrirá às 21h30 com o concerto de António Silva Quartet, liderado pelo guitarrista conimbricence várias vezes premiado internacionalmente. Segue-se o projeto Inevitável, com o trompetista brasileiro Gileno Santana (músico dos Comité Caviar, a banda de Pedro Abrunhosa) e o seu compatriota e virtuoso guitarrista Henrique Neto. A noite terminará com Jogo de Damas, grupo composto apenas por vozes femininas.

A 7 de setembro, a noite começa, a partir das 21h30, com a banda de Inês Pimenta. De seguida, subirá ao palco o projeto Márcio Dhiniz Quartet, liderado pelo baterista brasileiro que dá nome ao grupo e que já tocou com artistas como Daniela Mercury, Gilberto Gil, Caetano Veloso e Ney Matogrosso. O festival encerrará com os Dixie Gringos, que nos irão transportar musicalmente para New Orleans, mostrando o que de mais divertido tem o jazz.

A edição deste ano volta a juntar os produtos vinícolas locais à música. Alguns dos produtores da município irão trazer os seus melhores néctares para que a música possa ser acompanhada de um copo de bom vinho ou espumante. A tudo isto juntam-se sandes de leitão, que estarão à venda num espaço dinamizado pela Associação Maravilhas da Mealhada, promotora da marca “As 4 Maravilhas da Mesa da Mealhada: Água l Pão l Vinho l Leitão”.

Outra das novidades desta 3.ª edição é uma vertente desportiva. No dia 6, à noite, realizar-se-à a “MeaJazz Run”, cujo percurso será centrado nas zonas de comércio do coração da cidade da Mealhada, no sentido de levar os participantes a conhecer os estabelecimentos comerciais da sede do município. Os concorrentes, que terão de fazer a sua inscrição (obrigatória, mas gratuita) online, poderão optar pela modalidade de corrida ou simplesmente pela caminhada. O final da prova desportiva coincidirá com o início do primeiro concerto do MeaJazz.

“O município tem vindo a procurar diversificar a sua oferta cultural e o MeaJazz é um bom exemplo dessa nossa preocupação. É um festival único na região, um evento que, além de oferecer espetáculos dentro de um género musical muito específico e alternativo, promove, ao mesmo tempo, o vinho, o leitão, o pão e a água do nosso concelho”, afirma o presidente da Câmara Municipal da Mealhada, Rui Marqueiro.

Para o administrador do restaurante Rei dos Leitões, Paulo Rodrigues, na qualidade de mecenas do MeaJazz, o festival é importante para a economia local porque “é mais um evento que traz gente à Mealhada”. “O Rei dos Leitões sente-se honrado por poder viabilizar, com o seu apoio, um festival de eleição e de prestígio. Já apoiamos a FESTAME – Feira do Município da Mealhada, o Cineteatro Municipal Messias, o Catrapim – Festival de Artes para Crianças, a Mata Nacional do Bussaco, vários eventos desportivos, ambientais e sociais realizados no concelho da Mealhada. Ter a nossa marca associada ao MeaJazz diria que é a cereja no cimo do bolo”, afirma Paulo Rodrigues.

A aposta da Câmara Municipal da Mealhada num festival de jazz, como parte integrante do programa “Verão é na Mealhada”, surge da tentativa de diversificar a oferta cultural na cidade e na região. Não existe nenhum evento do género nas proximidades e com entradas completamente livres, uma característica só possibilitada pelo apoio do restaurante “Rei dos Leitões”. A produção artística será da Associação Cultural Motivos Alternativos, sendo a produção técnica da Associação Escolíadas, a entidade responsável pelo programa de animação “Verão é na Mealhada”.