Entrar  |   Registe-se  |   Ajuda
21 Outubro 2018
domingo


Apresentação
Estatuto editorial
Ficha técnica
Newsletter
Publicidade
Contactos
Onde Estou? Página Inicial » Actualidade » Região
Pesquisar
Confraria da Lampantana realiza primeiro Capítulo e entroniza Confrades em Mortágua
17 Mai 2018, 00:00
Galerias Relacionadas:
  0 video(s)
  0 som(s)
  0 documentos(s)
Visualizações: 1575
Acessibilidade:

Vai realizar-se no próximo domingo, dia 20 de maio, a cerimónia de tomada de posse dos Órgãos Sociais da Confraria da Lampantana e de Entronização dos Confrades Fundadores da mesma. O programa tem início às 09h30 com a receção de boas vindas a todos os Confrades e convidados na Casa da Quinta da Sociedade Agrícola Boas Quintas, na vila de Mortágua, seguida de uma visita ao Centro de Interpretação “Mortágua na Batalha do Bussaco”.

Curiosamente há quem sugira uma ligação entre as Invasões Napoleónicas (1810) e a Lampantana. Os habitantes locais teriam envenenado as águas dos poços, e como alternativa, recorrido ao vinho para a confeção da carne (de ovino). Nesse tempo, nos meios rurais e serranos, muitas pessoas dedicavam-se à pastorícia, que garantia rendimento económico e sustento alimentar das famílias. Da aliança entre estes dois ingredientes terá resultado este prato de excelência, cujo segredo na confeção e no tempero foi sabiamente guardado e perpetuado até nós. Hoje faz parte do património gastronómico do concelho, é uma referência da gastronomia local para os visitantes, de tal forma que o Município lhe reserva um Fim de Semana gastronómico, no mês de outubro.

Pelas 11h30 terá lugar a cerimónia capitular no Salão Nobre dos Paços do Concelho, que servirá para a tomada de posse dos Órgãos Sociais da novel Confraria, a primeira criada no concelho, e para a entronização dos Confrades Fundadores. A Confraria da Lampantana será apadrinhada pela Confraria da Doçaria Conventual de Tentúgal e pela Confraria dos Carolos e Papas de Milho (Tondela). O programa encerrará com um almoço na Quinta do Recanto, em que o prato “obrigatório” será a afamada Lampantana. Nas boas vindas, sessão solene e almoço, haverá vários momentos culturais, com a participação de grupos e Associações Locais.

A Confraria é uma associação sem fins lucrativos, com personalidade jurídica, e tem a responsabilidade de promover a Lampantana no país e no estrangeiro, enquanto património gastronómico local, realçando o seu significado histórico, o seu interesse cultural, turístico, económico; promover a divulgação, investigação e preservação deste património gastronómico nos seus variados aspetos (receituário, modo de confeção tradicional, produtos usados, relações com a arte popular, história, usos e costumes das populações); zelar pela sua autenticidade; bem como organizar a realização de eventos, encontros gastronómicos, ou apoiar iniciativas, que contribuam para promover este ex-libris da gastronomia de Mortágua.

Sócios são designados de “Caçoilos” e “Caçoilas”

Os associados da Confraria tomam a designação de “Caçoilos” no caso dos homens e “Caçoilas” no caso das mulheres, numa alusão ao recipiente de barro onde tradicionalmente é assada a Lampantana. Podem ser “Caçoilos” e “Caçoilas” quaisquer cidadãos e/ou pessoas, nacionais ou estrangeiras, desde que apreciados os seus méritos e sejam propostos por três “Caçoilos” à Direção, que por sua vez submete à Assembleia Geral para aprovação, pela maioria dos seus membros.

Confrades Fundadores, Efetivos e de Honra

São considerados Sócios fundadores, as pessoas singulares ou coletivas, que formaram a comissão fundadora da Confraria, ou seja, aqueles que assinaram a escritura pública de constituição da Confraria e participaram nas eleições dos primeiros Órgãos Sociais.

Os Sócios Efetivos podem ser pessoas singulares ou coletivas propostas por três caçoilos, devendo a sua admissão ser confirmada por deliberação da Assembleia Geral.

Os Sócios de Honra são cidadãos e/ou pessoas coletivas públicas ou privadas, de reconhecido mérito, propostos pela Direção à Assembleia Geral, mediante aprovação por maioria de dois terços desta.

Os símbolos da Confraria são o Traje, a Insígnia, o Estandarte, o Logótipo, e o Cajado de Entronização. O uso do Traje e da Insígnia é obrigatório nas reuniões do Capítulo e nas atividades de representação da Confraria. O Capítulo é a celebração máxima da atividade da Confraria, reúne uma vez por ano, sendo o momento escolhido para a entronização de novos sócios.

Tags:
Documentos para Download
Notícias Relacionadas
Classifique esta notícia:  Sem classificação
0 Comentário(s)
Videos
Mais comentadas
Mais lidas
Pesquisa de imóveis »
 
Apartamento T3
Venda - Novo
Coimbra
Coimbra, Santo António dos Olivais
Consultar Imóvel »
Quinta T4
Venda - Usado
Aveiro
Anadia, Sangalhos
Consultar Imóvel »
Quartos   
© 2011 Jornal da Mealhada. Todos os direitos reservados. Política de privacidade Desenvolvido por  Marques Associados Digital Lda.