Entrar  |   Registe-se  |   Ajuda
17 Julho 2018
terça-feira


Apresentação
Estatuto editorial
Ficha técnica
Newsletter
Publicidade
Contactos
Onde Estou? Página Inicial » Actualidade » Região
Pesquisar
Câmara de Cantanhede dinamizou sessão sobre contabilidade e fiscalidade nas explorações agrícolas e florestais
24 Mai 2018, 00:00
Galerias Relacionadas:
  0 video(s)
  0 som(s)
  0 documentos(s)
Visualizações: 689
Acessibilidade:

Mais de 40 pequenos empresários e outras pessoas ligadas aos setores agrícolas e florestais marcaram presença, no passado dia 22 de maio, na sessão de esclarecimento sobre “Contabilidade e Fiscalidade nas Pequenas e Médias Explorações Agrícolas e Florestais”.

O auditório da Biblioteca Municipal de Cantanhede serviu assim de palco para mais uma iniciativa, que teve como um dos principais objetivos dotar os intervenientes do setor primário, com respostas eficazes a questões e problemas recorrentes nos agricultores, nomeadamente no que diz respeito a obrigações fiscais e sociais, não esquecendo as questões relacionadas com as alterações legislativas, oportunidades de investimento para produções específicas, candidaturas a programas de apoio, acesso a linhas de financiamento, elaboração de projetos.

A atividade foi moderada por Adérito Machado, vereador da Câmara Municipal de Cantanhede, que contou ainda com a presença de Laura Tarrafa, representante da Confederação Nacional da Agricultura, de Fernando Pompeu, Diretor do Núcleo de Identificação e Qualificação do Instituto da Segurança Social, I. P. - Centro Distrital de Coimbra, de Alcides Oliveira, monitor e formador da Autoridade Tributária e de Vitor Ferreira, representante da Quinta do Olheiro, empresa distinguida como PME Líder’17.

O edil camarário abriu a sessão e começou por destacar “que iniciativas como esta são muito importantes, principalmente para dotar os empresários destas áreas, com conhecimentos em questões fiscais e sociais”. Por outro lado, Adérito Machado lembrou “o importante papel que os municípios têm que ter, principalmente em informar e apoiar estes agentes económicos, permitindo-lhe a aquisição de importantes informações que lhes permitam responder com rapidez e eficácia em muitas matérias. Os municípios têm esse dever para com as populações e Cantanhede tem primado por consolidar estas ideias, de forma a potenciar a agricultura e a floresta”.

O vereador apontou a informação, a formação e o apoio prestado aos agricultores “como eixos prioritários e fundamentais para o desenvolvimento sustentado, não só da agricultura como também da floresta. Só com empresários informados e interessados podemos fazer crescer o setor primário no nosso concelho, na região e no país”. O autarca concluiu afirmando que “uma política agrícola e florestal informada e interessada, é meio caminho andado para que a população cantanhedense usufrua de produtos de maior qualidade e produzidos no concelho, permitindo desde logo um valor acrescentado para a região.”

Tags:
Documentos para Download
Notícias Relacionadas
Classifique esta notícia:  Sem classificação
0 Comentário(s)
Videos
Mais comentadas
Mais lidas
Pesquisa de imóveis »
 
Moradia em Banda T3
Venda - Usado
Aveiro
Santa Maria da Feira, Santa Maria da Feira, Travanca, Sanfins e Espargo
Consultar Imóvel »
Apartamento T2
Venda - Usado
Aveiro
Santa Maria da Feira, Mozelos
Consultar Imóvel »
Quartos   
© 2011 Jornal da Mealhada. Todos os direitos reservados. Política de privacidade Desenvolvido por  Marques Associados Digital Lda.