Entrar  |   Registe-se  |   Ajuda
17 Agosto 2018
sexta-feira


Apresentação
Estatuto editorial
Ficha técnica
Newsletter
Publicidade
Contactos
Onde Estou? Página Inicial » Actualidade » Desporto
Pesquisar
Gonçalo Carvalho “soma e segue” na geral da Juventude da Volta Portugal
06 Ago 2018, 00:00
Galerias Relacionadas:
  0 video(s)
  0 som(s)
  0 documentos(s)
Visualizações: 378
Acessibilidade:

A etapa que perdeu a coroa da chegada à Torre, na Serra da Estrela, deu à formação Miranda-Mortágua a ascensão ao terceiro lugar da Classificação Geral da Juventude, através de Gonçalo Carvalho.

Foram cumpridos 144,3 Km, da Guarda até às Penhas da Saúde, na quarta etapa da 80ª edição da Volta a Portugal em Bicicleta. Na fuga do dia a formação dirigida por Pedro Silva teve Francisco Campos a mostrar que “tem pernas para a montanha”, sendo o 4.º a passar os prémios de montanha de primeira categoria das Penhas Douradas e de terceira categoria no Sarzedo. Na meta volante de Gouveia foi o terceiro a cruzar a linha.

Terminada a quinta etapa em linha da maior prova velocipédica portuguesa, Pedro Silva fez um balanço do dia, “a equipa esteve bem e sempre em bom plano. Estivemos presentes o dia todo com o Francisco Campos na fuga do dia, onde o tínhamos como representante. Embora o nosso objetivo fosse estar com o Gonçalo Carvalho, por causa da Juventude, mas que acabou por ganhar lugares e fez uma boa subida. Por isso saímos satisfeitos com o desempenho de toda a equipa, porque conseguimos dar nas vistas, embora parcialmente, mas demos”.

Amanhã a caravana segue para o Sabugal, de onde vai partir para percorrer 191,7 Km até Viseu. A quinta etapa da Volta a Portugal apresenta um percurso que vai favorecer a chegada aos sprinters, mas Pedro Silva declara que a maior preocupação é saber como recupera Francisco Campos depois da dureza da prova da Serra da Estrela, “será uma etapa muito difícil e complicada, estamos à espera de muita velocidade (…) vamos ver se conseguimos também eventualmente entrar numa fuga para marcar presença, mas mais importante mesmo é ver como o Campos recupera. A equipa vai estar com ele na parte final para o sprint, para tentar pelo menos fazer os 10 primeiros”.

Dia 7 de agosto é dia de descanso para os corredores, mas Pedro Silva aproveitou para fazer um balanço de todo o trabalho desenvolvido pela equipa Miranda-Mortágua, admitindo estar confiante para as etapas que se seguem, “creio que estão no bom caminho, a fase de adaptação também já passou e a do calor abrandou um pouco, o que vem facilitar um bocadinho as coisas. Posto isto, estamos confiantes para as etapas que aí vêm”.

Tags: Miranda-Mortágua, Volta a Portugal, Desporto
Documentos para Download
Notícias Relacionadas
Classifique esta notícia:  Sem classificação
0 Comentário(s)
Videos
Mais comentadas
Mais lidas
Pesquisa de imóveis »
 
Moradia Geminada T4
Venda - Novo
Aveiro
Aveiro, Oliveirinha
Consultar Imóvel »
Apartamento T3 DUPLEX
Venda - Usado
Aveiro
Ílhavo, Ílhavo (São Salvador)
Consultar Imóvel »
Quartos   
© 2011 Jornal da Mealhada. Todos os direitos reservados. Política de privacidade Desenvolvido por  Marques Associados Digital Lda.